AIOps: Operações de tecnologia podem se beneficiar com a inteligência no uso de dados

Antonio
Antonio Ideguchi
Arquiteto de Soluções | Customer Success
 
AIOps permite a gestão estratégica das operações de tecnologia, que deverão ficar mais complexas com o início do 5G

O processo de digitalização das empresas deverá ficar mais intenso com a aprovação do edital de leilão das faixas de 5G no Brasil pelo Tribunal de Contas da União (TCU), o que deve ocorrer até o fim deste mês. Segundo o Ministério das Comunicações, a aprovação do edital possibilitará que o 5G esteja disponível em algumas localidades do Brasil até julho de 2022.

De acordo com o relatório The Impact of 5G, do Fórum Econômico Mundial, o 5G deverá contribuir com US$12,3 trilhões na produção econômica mundial até 2035. O início do desenvolvimento de uma rede 5G no Brasil deverá gerar mais velocidade nas taxas de transmissão de dados; reduzirá a latência, tempo mínimo entre o estímulo e a resposta de uma rede de telecom; e possibilitará aumentar a quantidade de dispositivos conectados em uma determinada área.

Setores de telecom, data centers, finanças, seguros, varejo, entre outros, já passavam por um processo de transformação digital, que se intensificou desde o início da pandemia. O avanço do 5G deverá impactar esses e outros setores da economia como manufatura, agronegócio, transporte, construção, saúde, entre outros. Por consequência, o volume de dados gerados e transmitidos entre os dispositivos deverá aumentar e a tendência é que as estruturas de TI das empresas fiquem cada vez mais complexas e robustas.

Este crescimento no volume de dados gerados e trocados tornará ainda mais necessária a implantação de tecnologias como IA (inteligência artificial), machine learning e advanced analytics, que possibilitem a gestão inteligente e estratégica das informações nas operações de TI das empresas. Exemplos de soluções que apoiam no tratamento e processamento dessa miríade de dados são o IBM Watson AIOps,o BMC Helix Operations Management with AIOps e o Splunk for AIOps.

 

Leia também: Como a Inteligência Artificial está recriando a experiência do usuário

A implementação dessas tecnologias e o uso estratégico dos dados coletados formam o conceito de AIOps (Artificial Intelligence for IT Operations), termo criado pelo Gartner em 2015 e que consiste em adicionar a inteligência artificial nas operações de TI, com o objetivo de ajudar gestores e colaboradores nas atividades diárias e na tomada de decisões estratégicas, que possibilitem melhorar o serviço prestado ao cliente final, gerar retorno financeiro e manter a sustentabilidade dos negócios.

Como qualquer tecnologia, a implementação do AIOps necessita de um roadmap para ser bem-sucedido. Os gestores precisam definir seus objetivos, saber quais problemas precisam ser resolvidos, definir as metas da equipe de TI, conhecer a estrutura disponível, já que em alguns casos será necessário adquirir novos softwares e trocar hardwares, saber os riscos presentes nas operações de TI e sua complexidade. Em seguida, é preciso definir as etapas de implantação, até onde se pretende chegar, executar as customizações necessárias e medir as melhorias para comparar o antes e depois e saber quais tecnologias funcionam e quais não funcionam.

 

Quais são as vantagens do AIOps?

A adoção permite reduzir o custo operacional das empresas, diminuir o MTTR ou tempo médio para reparo de problemas, melhorar a capacitação e eficiência das equipes de TI, pois fornece informações mais assertivas aos profissionais da área os auxiliando no monitoramento de processos do dia a dia das empresas, por meio de modelos de inteligência artificial.

Em uma segunda fase, o AIOps ainda possibilita automatizar a detecção e análise de falhas e aumentar a segurança, pois as tecnologias adotadas são capazes de analisar situações similares às que no passado geraram incidentes como falhas operacionais ou mesmo invasões de hackers. Os equipamentos e os algoritmos envolvidos no processo de machine learning também podem automatizar a solução de problemas antes deles impactarem o usuário final, diminuindo assim riscos operacionais e perdas financeiras da empresa devido a problemas nas operações de tecnologia.

Preencha o formulário abaixo e entenda como podemos ajudar a sua empresa nesses desafios.

    01/09/2021
    Como construir negócios antifrágeis

    Gabriel AraujoHead of Customer Success Criado por Nassim Nicholas Taleb, o termo antifragilidade não é muito comum no mundo dos negócios (tirando, é claro, o ecossistema de investidores financeiros e adeptos do bitcoin, onde ele parece ter se popularizado). Porém, não há como negar que essa palavra é ideal para denominar as empresas que conseguiram […]

    LEIA MAIS
    24/08/2021
    O Futuro do NOC (Network Operation Center)

    Gilson MissawaHead de Marketing e Ofertas O que é um NOC? NOC (Network Operation Center ou Centro de Operações de Rede) é uma área responsável por realizar a monitoração ativa da infraestrutura de rede de uma empresa e garantir que ela esteja funcionando de forma adequada para entregar serviços de qualidade e evitar disrupções ou […]

    LEIA MAIS
    24/08/2021
    Desativação das redes 2G e 3G: o que isso significa?

    Rafael UlhoaArquiteto de Soluções Advisor | Custumer Success   Durante minhas últimas férias, me deparei com a notícia que a AT&T nos EUA iniciará a desativação de suas redes 2G e 3G em fevereiro de 2022. E porque estão desativando o 2G e 3G? Custo! É caro manter equipes capacitadas em todas as tecnologias, além […]

    LEIA MAIS

    CAMPINAS

    TEL.: +55 19 3731.8300

    SÃO PAULO

    TEL.: +55 11 3509.3000

    RIO DE JANEIRO

    TEL.: +55 21 3514.5900

    MIAMI

    TEL.: +1 305 424.8946
    A Icaro Tech atua na Transformação Digital das empresas, através de Automação com foco em Eficiência Operacional e Experiência do Usuário.
    linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram