Técnicas de mineração de regras de associação e seus impactos nos negócios

Segundo um reconhecido instituto de pesquisa na área tecnológica, uma das próximas ondas de benefícios de Analytics virá da sua aplicação na melhoria operacional das empresas.

A primeira pergunta que nos vem à mente é: quais problemas operacionais se é possível endereçar com Analytics? Posso mesmo aplicá-la na melhoria operacional de qualquer negócio?

Pouca gente sabe, mas existe uma técnica de Analytics que, de forma bem discreta, já vem sendo adotada pelas empresas e fazem parte do dia-a-dia de muitos de nós: a mineração (ou aprendizado) de regras de associação.

Simplificadamente, seu objetivo é identificar automaticamente itens que “ocorrem juntos”, em grandes bancos de dados, e retornar um conjunto de regras descrevendo essas associações.

Por exemplo, imagine que um supermercado guarda todo o histórico de transações de compra realizadas por seus clientes. O algoritmo de mineração de regras de associação pode identificar, nessa enorme massa de dados, uma regra do tipo: “clientes que compram carvão, na mesma compra também levam picanha e cerveja”.

Para os gestores do supermercado pode ser útil conhecer esse tipo de regra. Por exemplo seria possível posicionar em gôndolas próximas os produtos que aparecem mais fortemente associados, potencializando a venda de todos os produtos envolvidos.

O exemplo acima diz respeito ao uso tradicional do algoritmo (tanto que um de seus apelidos é “análise de carrinho de supermercado”), em que transações de compra são utilizadas para delimitar conjuntos de itens que ocorrem juntos.

Porém, com um pouco de criatividade e entendimento do comportamento dos dados, é possível transpor o mesmo princípio para outras situações.

Por exemplo, em operações de telecomunicações, falhas críticas em torres de transmissão de telefonia móvel afetam o serviço prestado a centenas de clientes. A pergunta é: quais eventos geralmente estão associados a esse tipo de falha?

Se definirmos uma transação como sendo o conjunto de todos os eventos que ocorreram na torre de celular e nas proximidades, em um período de tempo específico anterior à falha, é possível identificar alarmes, incidentes, manutenções de rede, novas instalações ou outros eventos com grande probabilidade de estar associados a uma falha crítica.

Isso permite que, uma vez identificada a associação, daquele momento em diante a operadora atue no problema antes que ele se manifeste para o cliente final, melhorando a qualidade de serviço percebida.

Essa técnica, que leva em conta o tempo além dos itens na transação, também é conhecida como mineração de sequências.

E na sua empresa, que tipo de associação pode fazer a diferença?

Talvez identificar desvios em indicadores de desempenho que ocorrem próximos no tempo e que podem ter algum tipo de relação? Talvez sugerir que o cliente compre um produto, com base no histórico de compras anteriores dele e de todos os outros clientes?

Pense em algum tipo de associação de eventos na sua empresa – há boas chances do algoritmo de mineração de regras de associação poder ser aplicado, seja no formato original dos dados ou após pequenas transformações.

Computerworld

18/03/2021
Process Mining em Operações - Uma oportunidade subestimada

É difícil encontrar melhor aplicação para Process Mining do que em operações. Eu sei que há toneladas de literatura sobre a aplicação de mineração de processos para P2P (Procure to Pay) e O2C (Order to Cash), em hospitais, jornada do cliente, experiência do usuário. Mas as operações me parecem o paraíso subestimado da aplicação de Process Mining.

LEIA MAIS
18/03/2021
A Economia de APIs: Uma Questão de Sobrevivência Digital

O termo "API Economy" ou "Economia de APIs" se refere a um conjunto de práticas e modelo de negócios orbitando em torno do papel das APIs na economia digital moderna, e diretamente representa a exposição de serviços e recursos digitais de uma organização em forma de interfaces que abstraem o consumo desses recursos.

LEIA MAIS
09/03/2021
Por que a hiperautomação não é só um “hype”?

Nos últimos anos, ouvimos muito sobre a implementação da automação para a realização de tarefas que, antes, só poderiam ser feitas por seres humanos. Tida como um dos pilares da transformação digital, a Hiperautomação foi considerada pelo Gartner como uma tendência global em seu relatório "Top 10 Strategic Technology Trends".

LEIA MAIS

CAMPINAS

TEL.: +55 19 3731.8300

SÃO PAULO

TEL.: +55 11 3509.3000

RIO DE JANEIRO

TEL.: +55 21 3514.5900

MIAMI

TEL.: +1 305 424.8946
A Icaro Tech atua na Transformação Digital das empresas, através de Automação com foco em Eficiência Operacional e Experiência do Usuário.
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram